+351 914 132 130 info@growunder.com
Ferramentas e dicas essenciais para criar loja online

Ferramentas e dicas essenciais para criar loja online

Quer apanhar o comboio do e-commerce, lançando o seu negócio online, e não sabe como fazê-lo? Aproveite essas dicas essenciais de como criar loja online…

Mas, afinal, porque é que eu preciso de ferramentas específicas para criar loja online? 

Bem, há todo o tipo de plataformas, sites e ferramentas que se podem usar para lançar um negócio de e-commerce. Contudo, essa diversidade levanta o problema de saber qual será a escolha certa para o nosso negócio.

É, nesse âmbito, que vamos deixar várias dicas que o vão ajudar a tomar decisões e a apostar nas opções mais adequadas às suas necessidades.

Assim, vamos abordar os seguintes aspetos:

  1. Porquê e como criar loja online
  2. É possível criar loja online grátis
  3. Funcionalidades essenciais no e-commerce
  4. Melhor plataforma para loja online
  5. Como criar loja online: passo a passo
  6. Últimas dicas

Vamos então começar esse miniguia para quem se quer lançar no e-commerce... 

PORQUÊ E COMO CRIAR LOJA ONLINE

Em primeiro lugar, temos que olhar para o estado do e-commerce atual. E há algo que é evidente: cada vez mais consumidores compram online. Mas mesmo entre os que compram offline, muitos fazem pesquisas na Internet antes de tomarem a decisão de compra nas lojas físicas.

Além disso, a pandemia de covid-19 empurrou muitos consumidores para a Internet. Portanto, é natural que as vendas do e-commerce continuem a aumentar todos os anos.

Por outro lado, é preciso notar que os negócios online também têm crescido muito nos últimos tempos. Assim, a concorrência é cada vez mais forte.

"O e-commerce não é a cereja no topo do bolo, é o novo bolo", como trata de destacar o CEO da L´Oréal, a multinacional de cosméticos, Jean Paul Ago. Portanto, quem não estiver no universo online, ficará sem a sua fatia!

Deste modo, se está interessado em criar loja online, para começar deve considerar os seguintes aspetos gerais importantes:

  • Avance o quanto antes! O e-commerce está a crescer, por isso, os seus concorrentes já estão online.
  • A sua loja virtual tem de estar adaptada para mobile, ou seja, para smartphones, pois sem isso perderá uma boa fatia de consumidores.
  • O seu e-commerce deve ter boa estrutura de SEO (Search Engine Optimization), pois é essencial ficar bem classificado nas pesquisas do Google.

Além dessas dicas, deve colocar o seu cliente no centro de todo o processo. Pois, "para conseguir atingir os seus objetivos, os visitantes têm primeiro de atingir os deles", como diz o especialista de Marketing Digital Bryan Eisenberg.

Assim, para vender os seus produtos/serviços, precisa primeiro de entender o que é que os seus clientes procuram. Depois disso, tem de os ajudar a chegarem ao que tanto desejam, o que realça a importância de criar uma loja online simples, mas eficaz. Todavia, o mais importante é que permita uma boa experiência ao utilizador.

Em termos gerais, a sua loja online deve conseguir atingir os seguintes objetivos na perspetiva do cliente:

  • Clientes satisfeitos que encontram o que procuram 
  • Compradores informados de cada fase da compra e do envio
  • Entregas rápidas das encomendas efetuadas.

Como criar loja online Consumidor 1

É possível criar loja online grátis

Já percebeu a importância de criar uma loja online eficiente e que vá ao encontro das expetativas e necessidades dos clientes. Mas talvez também saiba que é possível desenvolver um ecommerce de forma grátis.

Há várias plataformas online que permitem criar uma loja de forma fácil e rápida. O Ecwid é um desses sites.

Contudo, as plataformas grátis têm limitações. No caso do Ecwid, por exemplo, permite vender o primeiro leque de produtos, mas depois é preciso pagar para adicionar mais.

Portanto, tem de ponderar muito bem se vale ou não a pena investir numa plataforma paga. Mas repare que mesmo no caso das plataformas pagas, pode ser necessário obter alguma ajuda profissional.

Para ter sucesso no competitivo mercado online, é preciso ser muito bom! Portanto, é essencial ter uma loja online bem estruturada, caso contrário será difícil conquistar clientes.

Já ouviu dizer que "não há almoços grátis"? É um pouco isso. Veja que as plataformas que oferecem planos grátis não incluem todas as funcionalidades que asseguram o sucesso de uma loja online. 

Assim, o gratuito dá acesso a planos básicos que são excelentes para quem está a começar e não tem a certeza do que quer.

Funcionalidades essenciais no e-commerce

Porém, é preciso ter em mente que há funcionalidades que são essenciais no ecommerce, de modo a garantir o sucesso de vendas. Falaremos disso já de seguida...

Como criar loja online gratis funcionalidades

  • Integração multicanal

Esta solução assenta na ideia de que é preciso estar onde o cliente está. Portanto, é preciso disponibilizar vários canais aos clientes para aumentar a presença da marca. 

Assim, a loja online e/ou a loja física não devem ser as únicas vias para vender. Mas também é preciso utilizar as redes sociais, apps, chats, telefone, email e apps para chegar aos clientes.

  • Certificados SSL

Um certificados SSL (Secure Socket Layer) permite a comunicação entre os visitantes de um site e o servidor do mesmo de uma forma segura. Isso significa que os dados são encriptados durante o seu processamento e que, portanto, as informações dos clientes ficam protegidas.

Esses certificados são essenciais para reforçar a confiança dos utilizadores num site. Isso é tanto mais importante no e-commerce, especialmente quando há lugar a pagamentos. As pessoas só vão comprar se sentirem que o seu dinheiro está seguro.

  • Recuperação de carrinho abandonado

Um carrinho abandonado é uma encomenda que ficou a meio, ou seja, em que o consumidor não terminou a compra. Há vários motivos que podem justificar essa hesitação, mas uma boa loja online não deixa uma situação dessas perder-se sem uma ação de resposta.

Assim, é importante relembrar o consumidor que se esqueceu de fazer aquela compra. Isso pode ser feito, por exemplo, através do remarketing ou de emails de recuperação com os dados do cliente inseridos na nossa loja online. 

Nesse processo, também se pode fornecer um código de desconto, por exemplo portes gratuitos, para convencer a pessoa a comprar.

Mas, independentemente da estratégia, todo esse processo requer mecanismos de automação de marketing que podem ser assegurados por algumas plataformas de ecommerce. Portanto, é preciso ter também atenção a isso.

Melhor plataforma para loja online

Como já vimos, ter o seu negócio online é fundamental nos dias que correm. Mas também é verdade que esse processo está cada vez mais facilitado, pois há várias plataformas de ecommerce. Contudo, pode ser difícil escolher a ideal para lidar com todas as fases essenciais das vendas online.

Portanto, vamos dar-lhe uma ajuda para começar já a criar a sua loja online. Ora espreite cinco das plataformas de e-commerce que estão mais bem cotadas no mercado:

  • Shopify
  • BigCommerce
  • WooCommerce
  • Prestashop
  • OpenCart

Shopify

O Shopify é uma das plataformas de e-commerce mais utilizadas, acolhendo milhões de negócios por todo o mundo, pois é muito intuitivo e permite um bom nível de personalização. 

Assim, até mesmo pessoas menos experientes podem criar a sua primeira loja virtual, pois o assistente de integração dá uma ajuda preciosa. Portanto, é muito usado por pequenos negócios que têm pressa em começar a vender online.

Entre as suas principais vantagens estão as seguintes:

  • Suporte 24/7 horas
  • Inclusão de Certificados SSL em todos os planos
  • Várias extensões ou plugins para adicionar
  • Cartões de descontos e de "prendas"
  • Vários temas adaptados para mobile
  • Boa integração multicanal.

Mas apesar de ser fácil de usar por iniciantes, quem for mais experiente pode customizar recursos CSS e de design para criar uma loja online única, como nenhuma outra no mundo.

Se precisa de um design profissional e adaptado às suas necessidades específicas, podemos ajudar. Temos a solução certa para o seu negócio!

Exemplo de loja online criada no Shopify

Criar loja online Shopify

BigCommerce

O BigCommerce assume-se como uma boa alternativa ao Shopify e tem sido usado por algumas empresas multinacionais como a Ben & Jerry's. Portanto, é uma boa aposta para negócios já com vendas relevantes no mercado. 

Contudo, poderá ser uma alternativa menos interessante para pequenos negócios ou para quem está apenas a começar. Até porque a maioria dos temas disponíveis são pagos e podem ser dispendiosos.

Entre as suas principais vantagens estão as seguintes:

  • Grande variedade de temas para todo o tipo de categorias de lojas
  • Permite uso de cupões de descontos
  • Vender através de Facebook e Pinterest, entre outros
  • Oferece vários métodos de pagamento (incluindo, por exemplo, transferência bancária, PayPal, Stripe)
  • Suporte 24/7 horas.

Exemplo de loja online criada no BigCommerce

Criar loja online BigCommerce

WooCommerce

A maioria das plataformas de e-commerce são pensadas para construir uma loja online de raiz. Mas e quando já se tem um site e se pretende acrescentar funcionalidades típicas de e-commerce? Aí a solução poderá ser o WooCommerce, sobretudo se já tiver um site WordPress.

Conheça as vantagens de um site WordPress para um negócio.

O WooCommerce é um plugin do WordPress que se integra facilmente para começar já a vender. As configurações são fáceis e a ferramenta é grátis se não precisar de extensões ou funcionalidades complexas.

Entre as suas principais vantagens estão as seguintes:

  • Facilidade de instalação e utilização
  • Adicionar produtos é como criar um artigo no WordPress
  • Grande variedade de extensões para adicionar
  • Integração com WordPress
  • Pode-se ajustar à medida que o negócio cresce
  • Ótimo nível de personalização.

 Exemplo de loja online criada no WooCommerce

Criar loja online WooCommerce

Prestashop

O Prestashop é uma plataforma open source, ou seja, de código aberto e, portanto, gratuito. Esse é um fator de apelo para quem a usa, mas também tem outras virtudes.

A sua instalação é simples e tem a opção de idioma em Português, o que ajuda ainda mas. Além disso, o painel de administração do Prestashop é fácil de utilizar.

Contudo, exige mais conhecimentos de programação e de código do que outras plataformas. Portanto, se quiser um melhor resultado final, é provável que tenha de pagar a um programador.

Entre as suas principais vantagens estão as seguintes:

  • Gratuita
  • Inclui vários métodos de pagamento com taxas grátis até 3 mil euros
  • Acompanha comportamento dos visitantes/compradores
  • Suporte 24/7 horas
  • Diversos temas adaptados a mobile para escolher.

Exemplo de loja online criada no Prestashop

Criar loja online Prestashop

Espreite o Case Study Sample: Loja online com CMS Prestashop

OpenCart

O OpenCart também é open source e, portanto, está disponível de forma gratuita. Essa é a grande vantagem da plataforma, surgindo como uma das soluções grátis mais eficiente e funcional.

A plataforma foi criada para ser muito rápida e leve, pois foca-se na importância de melhorar a experiência do utilizador. Além disso, é de fácil configuração e gestão, pois inclui ferramentas intuitivas.

Entre as suas principais vantagens estão as seguintes:

  • Gratuita
  • Fácil instalação e configuração
  • Interface de fácil utilização
  • Suporte disponível em vários idiomas
  • Velocidade do site
  • Permite gerir várias lojas num único painel de administração.

Exemplo de loja online criada no OpenCart

Criar loja online OpenCart

Leia ainda PrestaShop vs OpenCart: o melhor para um site de vendas online

Como criar loja online: passo a passo

Mas escolher a plataforma certa é apenas uma das fases do processo de criar loja online. Portanto, vamos guiá-lo pelas fases essenciais para implementar o seu primeiro e-commerce com êxito.

Está pronto para começar? Vamos a isso!

Como criar loja online passo a passo 1

1º Passo: Decidir nome de domínio

O nome de domínio é a parte do URL ou link que identifica o nome da sua loja. Portanto, um bom nome de domínio é essencial para estabelecer uma marca, pois ajuda a ganhar a confiança dos clientes.

Imagine que a sua empresa é o Google, o seu nome de domínio é a parte que aparece a negrito no seguinte endereço URL: https://www.google.com. É o que os visitantes veem na barra de endereço quando visitam o site e nas buscas nos motores de pesquisa.

Deve pensar no domínio como o nome que aparece à porta de qualquer loja física. É o que identifica o seu negócio e, assim, deve ser memorável e único. Além disso, também é boa ideia que inclua uma palavra-chave associada - por exemplo, Sapatos Susana ou Malas Mafalda.

Contudo, precisa de confirmar se o domínio que deseja está disponível. 

Para isso, pode usar sites como o DomainWheel que permite buscar domínios disponíveis com recurso a uma palavra-chave. Mas esse site também pode ser usado como ferramenta de inspiração para encontrar o domínio certo.

2º Passo: Escolher a plataforma certa

Já falamos desse aspeto no ponto anterior e, portanto, pode seguir as recomendações apontadas. Mas na hora de escolher, lembre-se de avaliar preços, funcionalidades e eventuais dificuldades das plataformas analisadas.

Além disso, deve ter em conta que o tamanho da sua loja online também é muito relevante nessa escolha.

Todavia, pode começar por experimentar as versões de teste, e, portanto, sem custos, das soluções que lhe pareçam mais adequadas. Contudo, tente testar mais do que uma, para comparar.

Está sem tempo? Podemos ajudar a escolher a melhor solução e a criar a sua loja online o mais depressa possível. Contacte-nos já!

3º Passo: Escolher o template ou tema

A maioria das plataformas de e-commerce incluem uma coleção de temas ou templates que permitem criar uma loja online com ótimo aspeto sem que seja necessário contratar profissionais de Web Design. Alguns desses temas são mesmo gratuitos.

Repare que esses temas costumam estar em categorias ou setores, portanto a escolha fica facilitada. Deve procurar lojas dentro da sua área de negócio, pois assim será mais rápido chegar àquilo que deseja.

Mas nesse processo de escolha deve ter em conta os seguintes aspetos:

  • Funcionalidades que deseja
  • Tipo de estilo que quer para a sua loja online
  • Como quer que os clientes usem o site.

Além desses aspetos, também importa definir em que cor dominante vai apostar. Já ouviu falar da Psicologia das Cores? Repare que a cor é um fator importante e que pode ajudar a aumentar as conversões.

4º Passo: Configurar a loja online

Após a escolha do tema ou template para a sua loja online, precisa de o configurar para se ajustar ao seu negócio. 

Esse processo pode implicar mudar aspetos como o tamanho e o tipo de fonte dos textos, bem como o esquema de cores, as imagens ou a forma como surgem os ícones das redes sociais, entre outros detalhes.

Mas é importante que não se perca nessa fase, pois é fácil entrar por caminhos complicados e chegar a um patamar de absoluta confusão. Se se sentir perdido/a, procurar ajuda profissional é sempre melhor do que perder tempo em vão. Afinal, tempo é dinheiro!

5º Passo: Adicionar os produtos

Após criar uma loja online única, tem de adicionar os produtos que pretende vender. Esse processo pode ser mais ou menos simples, conforme a plataforma de e-commerce que tiver escolhido. 

Mas, para lá disso, é importante que tenha atenção a dois aspetos fundamentais:

  • Conteúdos úteis e informativos
  • Imagens de qualidade e apelativas.

As descrições devem ser interessantes, mas também informativas, pois os clientes vão precisar de saber detalhes essenciais como o preço, materiais usados, peso, entre outros.

As imagens devem também servir o papel de informar o cliente. Além disso, devem ter um efeito de atração, dando aos visitantes a vontade de comprar. Mas ainda pode adicionar vídeos ou imagens de 360 graus para os clientes verem os produtos de todos os ângulos.

Portanto, o segredo é ser convincente, mas evitando os clichés e termos complexos ou confusos.

Veja o Case Study: como criar catálogo de produtos em Joomla

6º Passo: Selecionar e instalar plugins

As plataformas de e-commerce costumam ter várias funcionalidades integradas nos temas que oferecem. Contudo, é sempre possível adicionar extensões que permitem acrescentar funcionalidades à nossa loja online.

Essas extensões ou plugins, como também são chamados, podem ser instaladas com um clique. E algumas delas até são grátis. Por exemplo, pode ser interessante integrar um plugin de SEO ou para aceitação de pagamentos com o Stripe. Mas as possibilidades são imensas!

Contudo, é importante que encontre um certo equilíbrio, pois o excesso de plugins pode prejudicar a experiência do utilizador no site. Assim, procure as melhores escolhas para o bom funcionamento da sua loja online.

7º Passo: Acrescentar conteúdos e imagens

Após isso tudo, é preciso complementar o site com conteúdos interessantes e com imagens relevantes. Se, por exemplo, apostar num blogue, é importante publicar desde já alguns artigos importantes.

Veja que ter uma estratégia de Marketing de Conteúdos pode ajudar a alavancar as suas vendas. A criação regular de conteúdos atrai mais visitas ao seu site e, portanto, aumenta as chances de conquistar clientes.

Mas esse processo deve ser feito de forma eficiente, pelo que pode necessitar de profissionais de copywriting, ou seja, pessoas experimentadas na redação de conteúdos para a web.

Aproveite para ler Como promover negócio com um blogue e Marketing de Conteúdos?

8º Passo: Definir métodos de pagamento

Outra fase importante de como criar uma loja online é a definição dos métodos de pagamento, pois é um momento crucial para converter um visitante num comprador.

As plataformas de e-commerce facilitam esse processo e, portanto, disponibilizam as melhores e mais usadas opções de pagamento. Alguns exemplos são PayPal, Visa e Mastercard. 

Contudo, em certos casos, conforme o público-alvo, pode ser necessário adicionar métodos de pagamento específicos. Aí pode ser preciso recorrer a um programador ou dominar um pouco as linguagens de programação.

Nessa fase, é também importante ter em conta a segurança dos pagamentos e dos dados dos clientes. Portanto, as plataformas abordam essa vertente com os certificados SSL. Mas, mesmo as que não os têm integrados, costumam disponibilizá-los como add-ons, ou seja, podem ser adicionados ao site.

Tenha ainda em atenção que os diversos métodos de pagamento implicam taxas e encargos distintos que terá de suportar. Assim, verifique bem quanto lhe vai custar cada pagamento efetuado na loja online.

Finalmente...

Depois de seguir esses passos todos, lembre-se de testar a sua loja online antes de a publicar para que nada falhe. Testá-la é garantir que servirá as necessidades e vontades dos clientes.

Como criar loja online 2

Últimas dicas

Para quem está a começar neste universo do e-commerce, o mais provável é que tenha muitas dúvidas e alguns contratempos. Até as grandes multinacionais têm os seus desafios.

Mas, como diz o empresário Richard Branson, fundador do Grupo Virgin, "não se deixe embaraçar pelas falhas, aprenda com elas e recomece". Errar é humano e natural. Contudo, é preciso saber aprender com os erros e conseguir melhorar a cada passo em frente.

Posto isto, já sabe como criar loja online? Esperamos ter dado uma boa ajuda para responder às suas dúvidas.

Se é novato nisso e não tem tempo para errar, somos a escolha certa para o guiar na criação da sua loja online. Peça já um orçamento: é gratuito e sem compromissos!

 

logo growunder white 223x45px

Somos uma empresa formada por colaboradores que trabalham remotamente, focada e especializada na consultoria e administração de websites.

Contactos

Av da República 6-1Esq
1050-191 Lisboa
Portugal