+351 914 132 130 info@growunder.com
15 exemplos de Call-To-Action

15 exemplos de Call-To-Action

Há uma palavra mágica no universo do Marketing Digital que são as CTA ou Call-To-Action. Siga connosco nesta viagem onde lhe apresentaremos 15 exemplos de Call-to-Action irresistíveis...

As Call-to-Action são uma fórmula indispensável no âmbito de estratégias de Marketing Digital

Numa altura em que os consumidores se deparam com uma imensidão de informação na Internet, com tanto por onde escolher, é preciso garantir que eles ficam hipnotizados pelo que temos para lhes dar.

É neste âmbito que surgem as Call-to-Action como uma forma de assegurar que os nossos potenciais clientes dão o próximo passo rumo à meta final que será a compra.

Vamos apresentar-lhe de seguida alguns exemplos de Call-to-Action, mas antes siga a leitura para perceber melhor o assunto...

O que é uma Call To Action?

Uma Call-to-Action, ou em Português, uma chamada para a ação, é, essencialmente, uma palavra, uma frase ou um texto que incita os utilizadores da Internet a fazerem alguma coisa.

Essa ação pode ser desde subscrever uma Newsletter até comprar ou testar um produto, passando pelo download de determinados conteúdos.

Já se deparou certamente, nas suas viagens pela Internet, com Call-To-Action! Lembra-se daquele botão irresistível com a palavra grátis que não pôde deixar de clicar?

O fator irresistível é fundamental numa Call-To-Action. Pois, o grande objetivo é assegurar que o público-alvo do nosso produto ou serviço faz aquilo que nós queremos.

As Call-To-Action surgem em Landing Pages, em lojas online, em anúncios nas redes sociais, em newsletters.... Estão por todo o lado sem que nos apercebamos!

Mas é exatamente por serem tão habituais que exigem muito cuidado e mestria - para que sejam verdadeiramente irresistíveis, cumprindo os objetivos definidos.

Espreite 15 exemplos de Call-To-Action 

Não há uma fórmula exata para criar uma boa Call-To-Action. Na verdade, tudo depende muito do público-alvo e daquilo que pretendemos promover ou vender.

Contudo, há modelos de Call-To-Action que funcionam quase sempre. Vamos abordar alguns deles já de seguida...

  • 1 - Exemplos de Call-To-Action: Teste de forma grátis

Exemplos de call to action testes gratuitos

Grátis é uma palavra mágica que funciona, automaticamente, como um apelo irresistível. Assim, oferecer testes grátis ou a possibilidade de experimentar gratuitamente um produto ou um serviço leva só por si à ação.

Os testes grátis são muito usados no caso de softwares ou de plataformas, permitindo o acesso a versões mais básicas ou até às versões Premium de modo a conquistar o cliente.

Nalguns casos, depois de usarem certas ferramentas a título gratuito, os utilizadores acabam por sentir-se forçados a comprar.

  • 2 - Exemplos de Call-To-Action: Faça o download gratuito

Ainda tirando partido do poder da palavra grátis, outra Call-To-Action muito utilizada passa por oferecer o download de materiais específicos, como ebooks ou guias, de forma gratuita.

Para o efeito, bastará preencher um formulário deixando os contactos básicos, como o email.

É uma fórmula muito usada no marketing digital para criar uma base de contactos para o envio de email-marketing.

  • 3 - Exemplos de Call-To-Action: Participe nesta promoção exclusiva 

Abrir a porta à possibilidade de participar em promoções exclusivas é também motivadora de uma ação por parte do público-alvo.

É uma forma de fazer sentir os utilizadores que estão a participar em algo único e, logo, que eles próprios são únicos também!

  • 4 - Exemplos de Call-To-Action: Estará a fazer algo errado? Confirme 

Ninguém gosta de se enganar! Então, uma boa forma de espicaçar a ação do público é lembrar-lhes que podem estar a fazer algo errado, levando-os a clicar para descobrirem o que pode ser.

Esta fórmula é bastante usada em softwares e ferramentas de SEO, por exemplo, mas também em produtos de beleza, como champôs e cremes, e em questões relacionadas com dinheiro.

  •  5 - Exemplos de Call-To-Action: Contacte-nos!

O "botão" de contacto é a mais básica das Call-To-Action, mas continua a ser bastante eficaz. É uma excelente forma de estabelecer uma relação com o cliente.

E de resto, entrar em contacto não implica qualquer compromisso, portanto o cliente pode-se sentir-se livre de o fazer sem gastar nada com isso.

  • 6 - Exemplos de Call-To-Action: Só temos mais 4 modelos!

Dar a ideia de que os produtos que temos para oferecer estão quase a acabar é outra excelente forma de potenciar uma ação do público-alvo.

É especialmente eficaz quando o cliente está indeciso, sem ter a certeza se vai comprar. Por isso mesmo, esta Call-To-Action é muito usada no âmbito do e-commerce.

Incita o cliente a decidir-se rápido para não perder a oportunidade de comprar. Por vezes, é reforçado com a indicação "Reserve já!", o que leva as pessoas a enveredarem pelo caminho desejado.

  • 7 - Exemplos de Call-To-Action: Aproveite por tempo limitado

Outra Call-To-Action eficiente que vem na linha do anterior é lembrar ao potencial cliente que tem um tempo limitado para poder tomar a sua decisão final.

Trata-se também de uma fórmula muito utilizada no e-commerce, onde o timing da decisão de compra é muito importante.

Sabe-se que a decisão de compra é algo muito instintivo e de impulso. Quanto mais o consumidor pensa, mais hipóteses há de que ele desista da compra ou de que se deixe influenciar pela concorrência.

Assim, lembrar que aquela oferta está quase a expirar é muito eficaz para despoletar uma ação compradora.

  • 8 - Exemplos de Call-To-Action: Saiba mais

Incitar as pessoas a saberem mais sobre um produto ou assunto é uma Call-To-Action bastante eficaz também.

É especialmente interessante quando o público-alvo tem um problema e procura uma solução para o mesmo. Clicar no Saiba Mais será interpretado mentalmente como uma resposta para o seu problema.

  • 9 - Exemplos de Call-To-Action: Avise-me quando estiver disponível

Esta Call-To-Action é especialmente talhada para quando um potencial cliente mostra interesse por um determinado produto que está esgotado ou em rutura de stock.

Neste caso, pode dar-lhe a possibilidade de receber um aviso quando esse produto voltar a estar disponível.

Esta CTA vai surgir como um favor que está a fazer ao cliente! Ele sentirá que se preocupa com ele e não terá problemas em partilhar o seu contacto consigo.

  • 10 - Exemplos de Call-To-Action: Sentimos sua falta

Muito utilizado no âmbito do e-commerce, esta Call-To-Action é usada para levar os clientes que não compram há algum tempo a fazerem novas compras na nossa loja.

O foco, neste caso, é na retenção do cliente e pode ser complementado com a oferta de promoções ou cupões de descontos, ou ainda a ideia de acesso a coleções exclusivas.

  • 11 - Exemplos de Call-To-Action: Inscreva-se e ganhe!

Esta é outra excelente Call-To-Action para captar emails com vista ao envio de newsletters ou outras informações por email-marketing.

O objetivo é levar as pessoas a deixar os seus dados para poderem participar num concurso ou numa qualquer promoção com prémios garantidos.

Pode ser usada para a subscrição de newsletters, para a participação em workshops ou em webinars gratuitos, entre outros.

  • 12 - Exemplos de Call-To-Action: Agende já a sua visita! 

No caso desta Call-To-Action é mais utilizada por negócios que funcionam em espaços físicos, não tanto ao nível online.

As imobiliárias utilizam-na muito, bem como outros negócios onde uma visita aos espaços físicos é importante para tomar uma decisão de compra.

  • 13 - Exemplos de Call-To-Action: Descubra mais sobre o que fazemos 

Neste caso, a Call-To-Action também se destina sobretudo a pessoas que procuram coisas muito específicas, por exemplo, serviços de construção, de arquitetura e decoração.

Nessa busca, os potenciais clientes vão querer ver o portfolio dos profissionais antes de tomarem uma decisão final.

Assim, a Call-To-Action dá acesso à visualização de soluções para o que o cliente precisa.

  • 14 - Exemplos de Call-To-Action: Siga-nos nas Redes Sociais!

Muito utilizado por empresas e marcas é o Call-To-Action a apelar aos potenciais clientes para as seguirem nas Redes Sociais.

É daqueles Call-To-Actions irresistíveis porque não tem grandes implicações para o utilizador. É só clicar num botão.

Mas para as marcas pode ser muito relevante, ajudando a ampliar a audiência possível e, consequentemente, o espectro possível do seu mercado de vendas.

  • 15 - Exemplos de Call-To-Action: Vamos trabalhar juntos?

Este Call-To-Action inclui o cliente no processo e é especialmente efetivo em áreas como o design ou a arquitetura, mas também no universo empresarial.

No setor do e-commerce B2B (Business To Business) é uma CTA também frequente, dando ideia de uma parceira, mais do que uma venda de serviços em si.

Formatos de Call-To-Action

Os Call-To-Action podem ter diversas formas. Vamos abordar as mais comuns já de seguida:

  • Botão - Os botões CTA são muito comuns em Landing Pages e em campanhas de email-marketing, entre outros. O fator visual é determinante, funcionando só por si como um apelo à ação.
  • Banner - Muito usados em blogues, em redes sociais e em anúncios, estes CTA são complementados com uma imagem, o que reforça o apelo à ação.
  • Textos com link - Os CTA no corpo de um texto, com um link que apela ao clique, são também muito usados em blogues e ainda no email-marketing.

Dicas de como fazer um Call To Action eficaz

  1. Objetividade é fundamental.
  2. Apostar em linguagem clara e simples.
  3. Ser criativo e original.
  4. Deve destacar-se do resto da página ou texto.
  5. É importante que seja apelativo e irresistível!

Erros a evitar num Call To Action  

  1. Onde está o Wally? Tem de garantir que o CTA não é difícil de encontrar.
  2. Mas, afinal, o que é que quer? Deve alinhar o seu CTA com o objetivo da Landing Page para onde é direcionado.
  3. Isto nunca mais acaba? Evite CTAs muito grandes. Curto é melhor e mais eficaz.
  4. Isto não é um teste! Tem de estar ciente de que toda a CTA é um teste, por definição. Só acompanhando os resultados vai saber qual funciona melhor com o seu público.  

Melhores exemplos de Call-to-Action? Ofereça algo que valha a pena!

Finalmente, fica uma dica final depois de termos vistos alguns exemplos de Call-to-Action, bem como dicas e sugestões sobre a sua construção. O essencial é que ofereça aos seus potenciais clientes algo que valha mesmo a pena, para que não tenham outra hipótese se não clicar!

logo growunder white 223x45px

Somos uma empresa formada por colaboradores que trabalham remotamente, focada e especializada na consultoria e administração de websites.

Contactos

Av da República 6-1Esq
1050-191 Lisboa
Portugal