+351 914 132 130 info@growunder.com
10 razões para usar o Google Analytics (com sucesso)

10 razões para usar o Google Analytics (com sucesso)

O Google Analytics ajuda a perceber melhor os clientes e a sua jornada de compra. Mas venha perceber o que é o Google Analytics e para que serve com estas dicas essenciais...

A análise de dados é um passo decisivo no mundo dos negócios e que pode fazer toda a diferença. Neste âmbito, o Google Analytics é a plataforma digital de análise de dados mais popular. 

Trata-se de uma ferramenta que é usada por milhões de pessoas pelo globo, oferecendo um serviço de Data Analytics grátis. Mas o que é o Data Analytics, pergunta-se a si mesmo. É um processo de análise de dados para pesquisar e responder a perguntas e dúvidas específicas.

No campo do Marketing Digital, o Data Analytics é fundamental, pois permite obter informações valiosas que são essenciais para definir uma estratégia de sucesso para o seu negócio.

Atualmente, quase todas as empresas têm uma presença online. Assim, torna-se necessário avaliar a performance das apostas que se fazem diariamente para, portanto, aferir se estamos no bom caminho. 

E é aqui que entra o Google Analytics. Mas continua a ler para entenderes melhor as vantagens de usar esta plataforma.

O que é o Google Analytics 

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita de análise de dados que é disponibilizada pela empresa com o mesmo nome. Portanto, ajuda a medir e a avaliar o tráfego de um site.

Sei que pode parecer algo muito simplista, até porque o site é apenas uma pequena parte da vida digital de uma empresa. Contudo, as implicações de usar a plataforma de forma eficiente são imensas.

Veja que o site oficial é o ponto nevrálgico de todo o tráfego digital de um qualquer negócio, mesmo quando existem redes sociais. As ações de Marketing estarão quase sempre focadas em levar visitantes até ao site ou loja online, com o intuito de acelerar as vendas.

Portanto, é imprescindível avaliar se a estratégia está a surtir o efeito desejado. E é neste âmbito que o Google Analytics se afigura determinante, pois permite ter uma visão geral e concreta sobre as campanhas implementadas.

Não é à toa que mais de 50 milhões de sites usam o Google Analytics! Se ainda não o utiliza, é porque não conhece as suas inúmeras vantagens. Venha daí saber mais sobre esta ferramenta...

Google Analytics Frase1

Google Analytics: para que serve

Já estudou devidamente o seu público-alvo? Criou conteúdos excelentes para o seu site? Está, portanto, pronto para "atacar" a concorrência com uma ótima campanha de Marketing online!

Mas, antes disso, tem de saber como vai avaliar os resultados da sua estratégia. Porque, afinal, como diz o pai da Administração Moderna, Peter Drucker, só "o que pode ser medido, pode ser gerido".

Assim, é aqui que entra o Google Analytics como a ferramenta certa para acompanhar os resultados do seu negócio.

A plataforma da Google permite recolher, medir e analisar os dados de tráfego de um site. Portanto, faculta informação preciosa sobre os visitantes do site, mas também sobre de onde é que eles vêm e que tipo de conteúdos e/ou páginas mais visitam.

Em termos genéricos, o Google Analytics agrega os dados colectados em quatro camadas:

  • Utilizadores (as ações dos visitantes do site)
  • Sessões (as ações de cada visita individual do site)
  • Visualizações (ações relacionadas com cada página visitada)
  • Eventos (ações relacionadas com botões CTAs, cliques, visualizações de vídeos, entre outros).

Deste modo, trata-se de uma plataforma relevante para maximizar os lucros de um qualquer negócio e para ficar à frente da concorrência.

Como usar o Google Analytics

A utilização do Google Analytics é bem fácil para quem percebe minimamente do universo online. Portanto, a ferramenta funciona através da colocação de várias linhas de código de rastreamento no código de um site. 

Esse código regista as atividades dos visitantes do site e envia as informações para a plataforma do Google Analytics. Mas para acionar a ferramenta no seu site, precisa primeiro de criar/ter uma conta no Gmail, o serviço de email do Google. 

Depois disso, terá acesso ao seu perfil no Google Analytcis, onde deverá associar o site/sites que pretende monitorizar. Para o efeito, bastará incluir o endereço do site e dar um nome ao perfil associado a esse site.

Após preencher algumas pequenas formalidades, terá acesso ao código necessário para começar a acompanhar as visitas ao seu site. Esse código do Google Analytcis deve ser colocado no HTML do seu site. 

Se porventura não souber fazê-lo, deve contactar o webmaster ou o gestor do seu site. Em alternativa, pode contratar profissionais para garantir que retira todo o potencial das inúmeras virtudes da plataforma.

Google Analytics CTA1

Porquê usar o Google Analytics

Há muitas razões para usar o Google Analytics e vamos já falar das 10 principais. Mas, em suma, usa-se a plataforma porque é boa para o negócio! 

E isto explica-se por ser decisivo para entender o comportamento do público-alvo, bem como para avaliar a experiência do utilizador, a qualidade do conteúdo e até o bom funcionamento do próprio site em geral.

Portanto, ajuda a afinar a estratégia e a alcançar melhores resultados, sejam eles as visitas a um site ou as vendas de uma loja online, entre outros.

Mas vamos apresentar-lhe, de forma resumido, as 10 principais razões por que deve usar o Google Analytics...

Razoes para usar o google analytics infografico1

  • 1. Gratuito

No mundo dos negócios, diz-se, muitas vezes, que "não há almoços grátis". Mas no caso do Google Analytics, isso é totalmente falso. A plataforma é gratuita! E, ao contrário de outras ferramentas que têm versões grátis com menos funcionalidades, neste caso, não há versão Premium e, portanto, há acesso pleno a todos os recursos.

Assim, pode investir o seu dinheiro em outras áreas igualmente importantes. 

  • 2. Recolha Automática de Dados

Está farto de preencher ficheiros Excel e documentos sem fim com números e dados que nunca mais acabam? O Google Analytics faz o trabalho duro por si e recolhe, automaticamente, as informações de que precisa sobre os acessos ao seu site.

Como já referimos, só precisa de inserir o código de rastreamento da plataforma no html do seu site. 

Assim, só precisa de aceder à plataforma para consultar de imediato os dados. Portanto, além de poupar dinheiro com uma ferramenta gratuita, também consegue poupar tempo!

  • 3. Relatórios Personalizados

A plataforma permite criar relatórios customizados, de acordo com as suas necessidades e as características específicas do seu negócio. Portanto, pode escolher um dos vários modelos de relatórios disponíveis ou então, "construir" o seu relatório personalizado com as informações que lhe interessam avaliar.

Esse processo de personalização é muito fácil e basta seguir os passos disponibilizados pela plataforma.

  • 4. Fácil Integração com outras plataformas

Outra das grandes virtudes do Google Analytics é o facto de poder ser integrado, de forma fácil, com outras plataformas e ferramentas. A sua interface é muito simples e funciona tão tem no computador como num smartphone ou tablet através da app disponível na Google Play Store.

Além disso, também pode ser integrado no Google AdWords para acompanhar o desempenho dos seus anúncios. Mas também pode ser utilizado no Google Search Console para monitorizar o desempenho da pesquisa do seu site.

  • 5. Entender o que os potenciais clientes procuram

A análise dos dados de tráfego permite entender o que é que os visitantes do seu site procuram. Assim, é possível avaliar que conteúdos, páginas ou produtos estão a ter melhor desempenho. Mas também permite detetar eventuais oportunidades ou áreas com potencial de crescimento.

Estas informações sobre os visitantes, os seus potenciais clientes, permitem promover melhorias com vista a aumentar a eficácia do site - e, logo, a promover mais vendas.

  • 6. Perceber porque os visitantes estão a sair do site

O Google Analytics permite aferir a percentagem de visitantes que deixam o seu site logo após espreitarem uma única página. É muito importante reduzir esta percentagem ao mínimo possível, pois está associada a baixas taxas de conversão.

Portanto, quando essa taxa é elevada, significa que o seu site não está a ir ao encontro das expetativas dos visitantes. Deste modo, é possível identificar falhas e resolvê-las, no sentido de otimizar o site e "agarrar" os visitantes, convertendo-os em clientes.

Aproveite para ler também Psicologia das Cores: o que é e como usar para aumentar conversões

  • 7. Conhecer melhor o público-alvo

O Google Analytics permite ter acesso a dados como idade, sexo, interesses, dispositivos e localização dos visitantes do seu site. Assim, pode obter dados preciosos sobre a sua audiência. Até porque também consegue perceber que caminho seguiram até chegar ao seu site. 

Portanto, fica com um retrato geral sobre o seu público-alvo, o que é determinante para tomar decisões no sentido de o encantar!

  • 8. Saber em que canais apostar mais

A plataforma também permite avaliar o desempenho de todas as plataformas sociais que utiliza. Assim, pode detetar se os visitantes vêm sobretudo do Facebook, do Instagram, do Twitter ou de qualquer outro canal. 

Da mesma forma, também pode averiguar a taxa de conversão que cada canal está a promover, bem como aferir que tráfego chega de referências sociais.

Isto é determinante para definir onde deve investir mais tempo e dinheiro. Portanto, se, por exemplo, tiver uma quantidade relevante de tráfego do Twitter, mas um maior engajamento de visitantes do Facebook, será um indicador de que deve apostar mais nesta última rede social. 

  • 9. Decidir que tipo de conteúdo funciona melhor

O conteúdo é essencial para atrair visitas a um site, bem como para cativar esses visitantes, transformando-os em clientes. Assim, é muito importante perceber qual é o tipo de conteúdo que está a surtir melhor efeito. Deste modo, o Google Analytics também é essencial neste processo, pois permite "ver" as visualizações e partilhas que são feitas do conteúdo de um site.

Portanto, a ferramenta ajuda a avaliar se a estratégia de Marketing de Conteúdos está a resultar, mas também ajuda a refinar as ideias para obter melhores resultados.

  • 10. Verificar se está a atingir os objectivos 

O Google Analytics permite acompanhar o progresso do negócio, nomeadamente para verificar se está a ir no caminho que desejamos. Mas também se podem criar metas na plataforma para monitorizar questões específicas - são as chamadas métricas de que falaremos mais abaixo.

Essas metas podem ser, por exemplo, fazer uma compra, preencher um formulário, subscrever a newsletter ou descarregar um ebook. Assim, você pode acompanhar a performance das suas estratégias, com dados concretos. 

Portanto, obtém insights valiosos para melhorar sucessivamente as ações realizadas e assim, conseguir aumentar as conversões.

Como perceber o Google Analytics

Na hora de usar o Google Analytics, é preciso perceber alguns conceitos básicos que são essenciais na plataforma. Nesse sentido, vamos explicar-lhe aqui a terminologia básica da ferramenta.

Google Analytics Para Que Serve Infografico

Portanto, os indicadores que é preciso apreender quando se usa o Google Analytics são os seguintes:

  • Número de Visitantes (número de pessoas que visitam um site)
  • Número de sessões (interações que os visitantes têm com o site)
  • Duração da sessão (quanto tempo é que os visitantes passam no site)
  • Bounce Rate (ou Taxa de Rejeição e representa a percentagem de pessoas que sai do site depois de ver apenas uma página)
  • Origem do Tráfego (de onde vêm as visitas, por exemplo, das pesquisas do Google, das redes sociais, de referências em outros sites ou diretamente através do link do site)
  • Quando visitam (em que período do dia ocorrem as visitas)
  • Páginas/Artigos mais visitados (que tipo de conteúdos são mais vistos pelos visitantes)
  • Dispositivos (se as pessoas usam computadores, tablets ou smartphones para visitar o site).

Mas, para entender o funcionamento do Google Analytics, é importante perceber a distinção entre Métricas e Dimensões. E é disso que vamos falar de seguida...

O que são métricas no Google Analytics

Uma métrica corresponde a um número, ou seja, a uma unidade de medida que nos pode dar informações sobre um determinado tipo de dados. Portanto, é um critério quantitativo.

Assim, algumas das métricas do Google Analytics são, por exemplo, o número de visitas do site, o tempo médio das visitas, a taxa de rejeição e as visualizações de página (ou pageviews). Isto já dá uma ideia bem visual do conceito.

Contudo, além das métricas, é preciso perceber como elas se relacionam com as dimensões do Google Analytics. Assim, as dimensões dizem respeito a atributos específicos e qualitativos relacionados com os dados. Portanto, País, Cidade, Dispositivo, Sexo e Idade são exemplos de dimensões. 

Deste modo, as métricas precisam das dimensões para serem contextualizadas e fazerem sentido, pois, caso contrário, não passam de meros números sem significado.

Mas, de uma forma visual e mais simples, num relatório do Google Analytics na plataforma, as dimensões são as linhas e as métricas são as colunas.

Metricas no Google Analytics

Em conclusão...

Agora que já percebeu o que é o Google Analytics e como funciona, está pronto para começar a usar a plataforma, com o objetivo de levar o seu negócio a patamares mais altos.

Mas lembre-se de que o Google Analytics disponibiliza apenas números e os números são só isso: números. A não ser que saiba o que procurar neles. Como diz o empresário Avinash Kaushik que é especializado em análise de dados, "90% do sucesso do Analytics na web reside nas pessoas atrás das ferramentas."

Retiramos dos números informações valiosas. Ajudamos a analisar e a compreender o seu público-alvo - e a levar o seu negócio até ao topo. Vamos trabalhar juntos! 

logo growunder white 223x45px

Somos uma empresa formada por colaboradores que trabalham remotamente, focada e especializada na consultoria e administração de websites.

Contactos

Av da República 6-1Esq
1050-191 Lisboa
Portugal