+351 914 132 130 info@growunder.com
O que é o Twitter Spaces (a plataforma rival do ClubHouse)

O que é o Twitter Spaces (a plataforma rival do ClubHouse)?

Já sabe o que é o Twitter Spaces? É a nova plataforma do Twitter que rivaliza com o ClubHouse e que reforça a importância do chamado "social audio", com o som a assumir papel essencial numa estratégia de Marketing Digital.

O Audio Marketing é uma tendência inegável no âmbito do Marketing Digital. A preponderância do som na divulgação e afirmação de produtos e de empresas ganhou força nos últimos anos, mas foi acelerada com a pandemia de covid-19.

O confinamento fez disparar o aparecimento de podcasts e afirmou o som como uma tendência inevitável para disseminar conteúdos e interagir com o público-alvo. 

O Twitter apanhou o comboio desta tendência e prepara-se para lançar a sua funcionalidade Spaces em Abril.

Mas venha saber mais sobre esta nova plataforma...

O que é o Twitter Spaces

O Twitter apresenta a nova funcionalidade como "uma pequena experiência focada na intimidade da voz humana". A ideia reflete bem o que se quer com o Twitter Spaces.

Estamos a falar de uma nova experiência social que tem o áudio como centro, permitindo a criação de "salas" de chat, onde a forma de comunicação privilegiada é a voz.

A plataforma está ainda a ser ultimada, esperando-se que seja lançada ao público em geral já no próximo mês de Abril, segundo sites especializados em tecnologia.

O Twitter Spaces pretende replicar o "sentimento mágico" de uma "festa-jantar", onde pode haver desconhecidos, mas toda a gente se sente confortável à mesa. 

Esta é a forma simplista como a plataforma é apresentada pela rede social.

O novo serviço assente no áudio deverá permitir a qualquer utilizador criar "salas", onde apenas quem escolher poderá participar nas conversas.

Além disso, o organizador de cada sala ou moderador poderá ter poderes para remover, reportar e bloquear participantes, bem como para encerrar uma sessão.

Algumas das funcionalidades possíveis que estão em testes, segundo os media especializados, são as seguintes:

  • Reações do tipo emoji com gestos de mãos
  • Transcrições ao vivo das conversas
  • Partilha de Tweets nas salas do Spaces.

Entretanto, uma das preocupações prende-se com a forma como lidar com eventuais situações de abuso.

O ClubHouse recebeu queixas relacionadas com abusos verbais a participantes nas conversas e denúncias de que há pessoas que usam a app para cometer fraudes.

Neste momento, é prematura avaliar se esse tipo de problemas estão a ser abordados no desenvolvimento do Twitter Spaces.

Mas o Twitter já anunciou que todas as conversas mantidas na plataforma deverão ser guardadas durante 30 dias, logo após terminarem, para que a equipa as possa rever para detetar eventuais violações das regras.

No caso de serem detetadas violações, as conversas serão guardadas durante 90 dias para que as pessoas possam queixar-se.

Além disso, deverá ainda haver a possibilidade de descarregar cópias das sessões ou transcrições das mesmas.

Twitter Spaces vs ClubHouse

O Spaces é visto como a resposta do Twitter ao sucesso do ClubHouse, uma plataforma superexclusiva que só pode ser utilizada por convite e que está apenas disponível para iPhone (embora a versão Android esteja em desenvolvimento).

O ClubHouse também se baseia na criação de "salas" para conversação com o som como ponto central. A app tem sido um grande sucesso entre líderes do setor tecnológico, à boleia de figuras como Elon Musk, fundador da Tesla, Mark Zuckerberg, cofundador do Facebook.

A grande virtude da app é o facto de misturar os modelos de uma conferência virtual com um podcast interativo. Assim, permite entrar e sair de diferentes "salas", onde se pode apenas ouvir ou também intervir em conversas sobre os mais variados tópicos.

Leia ainda: App Clubhouse: o que é e como usar para marketing digital

O Twitter Spaces deverá funcionar, mais ou menos, dessa forma. Mas a sua maior vantagem é o facto de, aparentemente, se destinar a toda a gente e não apenas a uns poucos privilegiados como acontece com o ClubHouse.

Contudo, neste momento, há dúvidas quanto a se estas plataformas assentes no som são simplesmente uma "moda", relacionada com os tempos de confinamento forçado, ou se vieram para ficar.

A grande pergunta é: será que com a abertura da economia e o regresso das pessoas à normalidade, com a volta das conferências e dos circuitos habituais de conversação, continuarão a ter sucesso?

Neste âmbito, o Twitter Spaces pode ter uma vantagem, pois está integrado numa rede social que terá uma maior capacidade de monetização da base de seguidores.

Como usar o Twitter Spaces para negócios

Plataformas como o ClubHouse e o Twitter Spaces podem ser encaradas pelos especialistas como uma forma de levar o Marketing Digital para um outro nível. Porque são permitem, acima de tudo, manter conversas genuínas e em ambos os sentidos.

Deixou de fazer sentido que sejam só as marcas a "falar". Os consumidores têm uma voz e querem fazer-se ouvir. Portanto, este tipo de espaços que deixam as pessoas manifestar-se de uma forma tão fácil ajudam a reforçar o engajamento com a marca.

Por outro lado, têm a vantagem de chegar a muitas pessoas sem que seja preciso juntá-las num mesmo espaço físico.

E no caso do Twitter Spaces, como está integrado nesta rede social, é possível monitorizar menções da marca, dos produtos e dos concorrentes, bem como keywords relevantes. 

Além disso, também facilita o envio de convites de participação diretamente para os seguidores mais relevantes.

As empresas podem igualmente fortalecer-se como referências do setor, organizando sessões sobre as temáticas mais relevantes. 

Está plenamente confirmado que as empresas reconhecidas como líderes recebem mais propostas de orçamento e concretizam mais negócios, independentemente do preço.

Mas a grande mais-valia deste tipo de plataformas prende-se com a oportunidade de ter uma perceção mais clara do que os consumidores pensam e do que querem.

Assim, confirme, já de seguida, as principais estratégias de Marketing Digital que se podem implementar no Twitter Spaces:

  • Obter feedback do público-alvo para melhorar produtos/serviços
  • Testar novas ideias
  • Avaliar o engajamento com a marca
  • Lançar novas funcionalidades ou produtos
  • Afirmar a empresa/marca como referência do setor 
  • Interagir com clientes/potenciais clientes em tempo real.

É importante acrescentar que o Twitter Spaces deverá permite que cada participante numa "sala" convide outras pessoas. Portanto, será um excelente "passa-palavra" com potencial para chegar a uma audiência infinita. 

Concluindo...

O Twitter Spaces pode vir a ser uma versão melhorada do ClubHouse ou, simplesmente, beber das suas maiores potencialidades. Porém, independentemente disso, pode ser o local ideal para as marcas construírem e alimentarem uma audiência mais engajada no Twitter.

Mas só depois de termos noção sobre o que é o Twitter Spaces é que poderemos avaliar plenamente todo o seu potencial.

logo growunder white 223x45px

Somos uma empresa formada por colaboradores que trabalham remotamente, focada e especializada na consultoria e administração de websites.

Contactos

Av da República 6-1Esq
1050-191 Lisboa
Portugal