+351 914 132 130 info@growunder.com
O que é marketing de guerrilha (e como conseguir resultados)

O que é marketing de guerrilha (e como conseguir resultados)

Se faz parte do leque de pessoas que não sabe o que é marketing de guerrilha, não perca este artigo para ficar a saber, com dicas essenciais de como brilhar no mundo do Marketing Digital.

O marketing de guerrilha é uma das formas menos convencionais de marketing. Por ser fora da caixa, tem grande potencial de sucesso e, por vezes, nem requer grande investimento.

Mas para entender melhor esta abordagem ao marketing digital, continue a leitura, onde abordaremos com mais detalhe este assunto...

Afinal, o que é marketing de guerrilha e porque o usar?

A expressão "marketing de guerrilha" é atribuída a Jay Conrad Levinson e a um livro da sua autoria, "Guerrilla Marketing", que foi lançado em 1980.

A origem desta terminologia inspirou-se na guerra do Vietname, onde os EUA foram surpreendidos e derrotados pelos guerrilheiros vietnamitas que tinham muito menos recursos.

Isto já dá uma ideia do que é esta estratégia. Trata-se, basicamente, de adotar métodos surpreendentes e muito eficazes que trazem resultados, mesmo sem investir muito.

Para entender melhor, fique connosco e descubra, já de seguida, alguns bons exemplos do que, abreviadamente, se chama mkt de guerrilha...

Exemplos de marketing de guerrilha memoráveis

Há vários exemplos de campanhas de marketing digital que tiveram muito sucesso - o que significa que foram muito conhecidos e divulgados!

Desde passadeiras com as cores do arco-íris passando por cães gigantes, sofás no metro ou até água suja a vender! Há exemplos que agradam a todos os gostos…

Marketing de guerrilha exemplos

  • Cão gigante da Frontline

A marca de antipulgas Frontline é conhecida por alguns bons exemplos de campanhas de marketing bem agressivas e impactantes. 

Há uns anos, a Frontline apostou numa campanha na Indonésia com uma imagem gigante de um cão num centro comercial - quando as pessoas pisavam o cão, pareciam pulgas vistas do segundo piso.

Mais recentemente, a marca colocou um cão gigante a passear pelas ruas de Londres para mostrar uma nova perspetiva sobre a forma como as pulgas afetam estes animais.

 
 
  • Sofás da Ikea no metro de Paris

A conhecida marca de mobiliário sueco decorou o metro de Paris com sofás e abat-jours, permitindo aos passageiros experimentarem a sua qualidade ao longo de duas semanas. 

  • Água suja da UNICEF

A UNICEF colocou máquinas de venda de água suja em ruas de Nova Iorque de forma a alertar para o problema da falta de água potável em países subdesenvolvidos. Muitos ficaram surpreendidos com a campanha e claro que não compraram a água, mas fizeram doações.

 

  • A piada da Netflix

Em 2017, no âmbito do lançamento de parcerias com vários comediantes como Jerry Seinfeld e Chris Rock, o serviço de streaming Netflix espalhou por várias cidades dos EUA placas com a frase "Netflix is a joke". Bastou para despertar a curiosidade e levar milhares de pessoas a falarem do assunto nas redes sociais. 

Porque investir em mkt de guerrilha

O que e marketing de guerrilha 2O marketing de guerrilha é utilizado por muitas empresas para divulgar os seus produtos e/ou serviços e também como um gatilho impulsionador das suas vendas.

É claro que as grandes empresas podem criar campanhas espetaculares de marketing digital, investindo quantidades interessantes de dinheiro!

Mas são as pequenas e médias empresas que mais podem beneficiar com esta abordagem alternativa e de guerrilha, já que não requer muito dinheiro - só precisa de uma excelente ideia!

O principal elemento desta abordagem ao mkt de guerrilha é o fator surpresa ou a irreverência. Deste modo, é algo fora da caixa e que, portanto, capta inevitavelmente a atenção.

Esse lado irresistível garante frutos sem muito esforço - quando se consegue ter uma ideia original e aplicá-la no terreno da melhor forma.

4 razões para investir:

  1. Não precisa de gastar muito dinheiro.
  2. Tem alto potencial de se tornar viral.
  3. Permite grande interação entre a marca e o público-alvo.
  4. Associa a marca a conceitos/ideias positivas, o que reforça o seu posicionamento.

Fique por aí para perceber de que forma pode tratar da concretização de uma campanha deste tipo...

Tipos de marketing de guerrilha

Já se sabe que a originalidade e a imprevisibilidade são características chave do marketing de guerrilha. Contudo, é possível definir vários tipos e formas em que é aplicado.

Não há exatamente uma fórmula. Nem tão pouco há a forma certa ou errada. Mas há certamente alguns caminhos que se podem explorar.

Venha connosco conhecê-los já de seguida. 

Cinco tipos de mkt de guerrilha muito usados

1. Flash mob

As chamadas flash mob estão entre os tipos de mkt de guerrilha mais conhecidos! E são, também, dos mais eficazes e rápidos de concluir.

São, basicamente, uma forma de juntar multidões de pessoas num mesmo espaço, sob um determinado pretexto e de forma espontânea. Deste modo, são ótimas para atrair a atenção.

Além da flash mob em si e da interação que possibilita na hora, garante vídeos e imagens nas redes sociais e a continuidade dessa interação. E pode sair quase grátis!

 2. Ações choque

Organizações ambientais ou de solidariedade apostam muito nas chamadas ações choque, onde se pretende motivar reações das pessoas a partir de imagens ou de instalações.

O exemplo da UNICEF referido acima, da água suja vendida em Nova Iorque, encaixa bem neste tipo de marketing.

Estamos aqui a falar de campanhas verdadeiramente de guerrilha e imprevisíveis, às quais não se pode ficar indiferente, mexendo com o lado mais emocional e moral do ser humano.

3. Buzz Marketing ou Stealth Marketing

O Buzz Marketing ou marketing viral visa encorajar as pessoas a partilharem o conteúdo ou a aderirem à nossa campanha sem que se apercebam disso ou pensem muito no assunto.

É um excelente disseminador de conteúdos pelas redes sociais e funciona muito bem com vídeos ou com memes ou imagens bem-humoradas ou misteriosas.

Assenta na ideia do "passa palavra" e estamos no campo do "viral" porque a ideia é espalhar o conteúdo como um vírus. Se correr bem, vai "contagiar" as redes sociais, multiplicando-se.

4. Marketing de Emboscada

Neste caso, uma marca aproveita-se de um evento, "intrometendo-se" e aproveitando-se dele, mesmo que não o patrocine ou esteja associado a ele.

Acontece, por exemplo, quando uma marca distribui cartazes em locais estratégicos de uma cidade de forma a que as televisões os filmem no decurso de eventos desportivos. 

A marca acaba por obter a visibilidade desejada graças a algo onde não participa de forma nenhuma.

5. Astroturfing

A palavra Astroturfing vem da marca de relva sintética AstroTurf e significa que se pretende dar a aparência natural a algo que é artificial.

Este tipo de marketing de guerrilha promove um buzz artificial em torno de uma marca, por exemplo, pagando a influencers para falarem bem da marca ou do produto que se pretende promover.

É uma estratégia muito arriscada. No caso de se descobrir o lado artificial da coisa, a marca ficará muito prejudicada e poderá não conseguir recuperar disso.

 

Marketing digital tradicional vs Mkt de guerrilha

Assim à primeira vista, não há tantas diferenças como isso entre o marketing de guerrilha e o marketing digital tradicional. 

O objetivo é sempre o mesmo. O que muda é a forma de lá chegar – e é isso que pode fazer toda a diferença!

Veja que o marketing digital assenta muito mais na ideia de que o marketeer é quem controla todo o processo. Ele atua no sentido de despoletar uma ação.

Neste caso de marketing alternativo, embora haja um "gatilho" do marketeer, quem despoleta a ação desejada é o público-alvo ou o consumidor.

Num tempo em que a Internet está saturada de informação, com anúncios e posts sem fim, o marketing de guerrilha tem muito mais potencial para surtir os efeitos pretendidos.

Mas páre já! Não pense que é tudo fácil. Tem que ter noção de que conquistar a atenção do público é difícil! De modo a consegui-lo, tem de ter a melhor das ideias!

Vamos deixar-lhe de seguida alguns truques de forma a que aposte em campanhas que realmente acarretam resultados!

 

Como fazer marketing de guerrilha com sucesso?

O que e marketing de guerrilha exemplosHá duas certezas que deve ter, desde já, depois de tudo o que já leu. 

Em primeiro lugar, pelo facto de não haver muito investimento, isso não significa que este marketing mais "espontâneo" e agressivo seja algo feito em cima do joelho. Nada disso!

Em segundo lugar, precisa de perceber que não há uma fórmula fixa para saber o que resulta ou não.

Contudo, há algumas dicas que deve seguir para conseguir os melhores resultados e que vamos revelar-lhe de seguida...

10 dicas essenciais de como fazer mkt de guerrilha:

  • 1.  Conheça bem o seu público-alvo

O primeiro passo para desenvolver uma boa campanha passa por conhecer bem o seu público-alvo.

Só sabendo quais são as suas expetativas e necessidades, poderá planear uma boa ação para despertar a sua atenção.

  • 2. Uma grande ideia pode e deve ser trabalhada

A inspiração dá muito trabalho e não cai do céu! Não se fie apenas numa boa ideia. Para ter sucesso, terá de a trabalhar.

Aproveite e descubra o que é brainstorm (e técnicas de brainstorming).

  • 3. Mantenha a identidade da sua marca

Este tipo de promoção de guerrrilha deve ser disruptiva, ser fora da caixa, mas não é conveniente que rompa com os valores e a identidade percebida da sua marca.

Ir completamente contra a identidade da marca pode afastar os seus clientes leais. Só deve optar por este caminho se fizer parte da estratégia global mudar de rumo, nomeadamente para chegar a outro tipo de consumidores.

  • 4. Originalidade acima de tudo

O princípio deste tipo de marketing digital é a originalidade. Por isso, crie campanhas únicas que se tornem memoráveis.

Repetir a estratégia da concorrência pode parecer ridículo! Tire todos os trunfos da manga e aposte em algo único e imprevisível.

  • 5. Tire partido dos temas quentes do momento

Aproveite os grandes assuntos que dividem opiniões ou os temas incontornáveis da atualidade para se inspirar.

Contudo, deve ter muito cuidado para não pegar no assunto por uma perspetiva ofensiva. Não vai querer afugentar o seu público-alvo.

  • 6. A interatividade é um must 

Tenha sempre presente que um dos grandes pontos fortes do marketing de guerrilha é a interatividade - sobretudo no campo do marketing digital.

Por isso, deve ter campanhas que motivem reações e a interação contínua. Esse será um dos segredos do sucesso.

  • 7. Desperte emoções

Outra palavra-chave neste tipo de campanhas são as emoções. Por conseguinte, é preciso despertá-las, mas da forma ideal.

Não vai querer despoletar as emoções erradas, pois isso pode afastar o seu público-alvo me vez de o conquistar.

  • 8. Planeie tudo ao detalhe

Mesmo que parte da campanha de marketing de guerrilha possa ter uma componente de improvisação, fruto da interatividade que se pretende gerar, deve planear tudo ao detalhe.

Idealize todos os cenários possíveis e prepare planos B e C... Na hora da verdade, vai querer ter um plano bem detalhado para que tudo corra da melhor forma possível.

  • 9. Execute a sua ideia na perfeição

O planeamento detalhado é também fundamental para conseguir executar a sua ideia na perfeição. Pelo contrário, pode correr o risco de a deixar fugir.

Tenha controle sobre todo o processo. Pode, por exemplo, fazer checklists, sendo que deve estar sempre ciente do objetivo a alcançar.

  • 10. Abuse dos hashtags na hora de divulgar a sua campanha

Quando partir para a divulgação da sua campanha nas redes sociais, não se esqueça das hashtags adequadas.

Escolher a hashtag perfeita também é importante. Tenha isso em consideração e procure que ela faça jus à campanha. Se, pelo contrário, não estiverem em nada relacionadas, pode ser um desastre.

 

Em conclusão...

E, agora, já sabe o que é marketing de guerrilha? Certamente que tomou notas para poder começar já hoje a pensar na sua primeira campanha. Não se esqueça de ser original e agressivo, mas na medida certa!

logo growunder white 223x45px

Somos uma empresa formada por colaboradores que trabalham remotamente, focada e especializada na consultoria e administração de websites.

Contactos

Av da República 6-1Esq
1050-191 Lisboa
Portugal