+351 914 132 130 info@growunder.com
Como fazer um podcast (dicas e plataformas)

Como fazer um podcast (dicas e plataformas)

Os podcasts são conteúdos áudio que estão a conquistar um espaço muito importante entre os utilizadores da Internet. Saiba mais sobre as suas vantagens e sobre como fazer um podcast com as dicas que se seguem...

Nos últimos tempos, os podcasts, programas de áudio que podem ser ouvidos via streaming, têm conseguido chegar ao coração de uma crescente fatia de utilizadores da Internet.

Uma realidade que se explica pela facilidade com que podem ser "consumidos" e pelas enormes e diversas possibilidades que oferecem.

Fique, de seguida, a saber mais como fazer um podcast e como pode tirar partido deste tipo de conteúdo...

O que é um podcast 

Um podcast é, basicamente, um conteúdo áudio semelhante a um programa de rádio, mas que pode ser ouvido quando se quiser, no momento mais oportuno para o ouvinte. 

Não se trata de um conteúdo ao vivo e que tem de ser ouvido naquela hora específica, como é típico da Rádio. É solicitado a pedido ou on demand. 

Os ouvintes podem ouvir os seus podcasts favoritos nos telemóveis ou no computador, tanto em aplicações específicas para o efeito ou offline. 

Uma das grandes vantagens é que o descarregamento dos podcasts não consome tantos dados como os vídeos, por exemplo.

Atualmente, há todo o tipo de podcasts, sobre os mais diversos temas, com conteúdos de informação, educação ou entretenimento. 

São uma excelente forma de comunicação e estão cada vez mais na moda. Mas, afinal, com que finalidade existem os podcasts? Venha saber mais sobre isso...

Para que serve um podcast?

Os podcasts podem ter várias finalidades, a começar pela partilha de conteúdos. 

Qualquer pessoa pode ter interesse em criar o seu próprio podcast para falar de temas específicos, partilhando assim o seu know how sobre determinado assunto.

Os podcasts também podem ser usados para divulgar notícias relacionadas com empresas e marcas, bem como associadas aos seus setores de atividade e mercados.

Desta forma, um podcast pode ser uma excelente ferramenta de Marketing de Conteúdos no âmbito da estratégia de Marketing Digital de uma empresa e/ou marca. 

São uma ótima forma de captar o público em tempos onde o corre-corre marca as nossas vidas, não havendo disponibilidade para nada!

Os podcasts são formatos muito mais fáceis de chegar às pessoas do que, por exemplo, um texto extenso ou um vídeo. Podemos ouvi-lo a cozinhar ou a arrumar a casa.

São também excelentes para enformar conteúdos de qualidade e de diversificar a abordagem perante os consumidores e/ou o público-alvo.

Nesta medida, são também uma forma de reforçar a reputação de uma empresa ou marca, contribuindo para a apresentar como especialista na área onde atua, especialmente quando se aposta em conteúdos informativos e com dicas úteis.

Por outro lado, os podcasts podem servir como ferramenta de marketing pessoal, nomeadamente no caso de atores e outras figuras conhecidas. 

Não é à toa que estão muito na moda entre famosos - o podcast do Rui Unas "Maluco Beleza" é um dos casos mais bem sucedidos em Portugal.

Através de um podcast reforça-se o posicionamento nas redes sociais e consegue-se aumentar a audiência e a visibilidade públicas. 

Assim, consegue-se ampliar a fama de uma personalidade e pode garantir-lhe trabalhos e mais rendimentos.

Como fazer um podcast 1

Como fazer um podcast em cinco passos essenciais

Mas os podcasts não são apenas para famosos. Qualquer pessoa pode ter aspirações de conseguir ter sucesso com este tipo de conteúdos áudio. Vamos explicar-lhe em cinco passos básicos como fazer um podcast...

 

  • 1. Ter um bom plano

Tudo começa pelo planeamento. É fundamental que tenha em mãos um bom plano para saber preparar o seu podcast como deve ser.

Em primeiro lugar, deve estabelecer um objetivo claro para o seu podcast. O que é que pretende, afinal? Que tipo de metas quer alcançar?

Em segundo lugar, tem de definir de que tipo de assuntos vai falar ou a que tema se vai dedicar o seu podcast.

Em terceiro lugar, é importante que defina para que tipo de pessoas vai falar. O seu público-alvo estará, muito provavelmente, diretamente relacionado com os seus objetivos ou com os temas que pretende abordar.

Em quarto lugar, tem de decidir como é que vai apresentar o seu conteúdo. Sabemos que um podcast é áudio, mas tem de determinar de que forma vai tornar a coisa interessante.

Em quinto lugar, é conveniente que defina um guião para o seu podcast, com a forma como se vai desenrolar e com a descrição dos áudios que vai usar, sejam eles música ou palavras.

Em sexto lugar, é importante que reveja todo o seu plano e que treine as eventuais falas que vai ter no seu podcast ou as perguntas que pretende fazer se tiver entrevistados. Não vai querer falhas de nenhum tipo!

 

  • 2. Não falhar na hora da gravação 

Este é, certamente, o ponto alto deste processo de como fazer um podcast. O momento da gravação é determinante para o sucesso do produto final.

Trata-se de colocar o seu plano em ação e, para isso, é preciso garantir que se encontra num espaço com boa acústica e com o conforto ideal para si e para os seus potenciais convidados.

Ter um bom microfone também é fundamental.

Importante, igualmente, é escolher um bom software para que a sua gravação ocorra da melhor forma. Deixamos-lhe, de seguida, os principais softwares gratuitos para fazer produções audio como é o caso de um podcast: 

  • Audacity - este software gratuito para a gravação de podcasts permite gravar, editar, misturar ficheiros de áudio, bem como importar trechos sonoros e outros sons previamente gravados. Está disponível para Windows, Mac e Linux, suportando diversos formatos como mp3, WAV e AIFF. E ainda pode usá-lo offline ou online.
  • Adobe Audition - este software gratuito para gravação de podcast é um pouco mais complexo e é mais indicado para quem já tem experiência com softwares de produção de áudio. Está disponível para Windows e Mac. É preciso instalar programa próprio para ser usado e pode ser muito pesado.
  • CutMP3.net - no caso deste software gratuito, a utilização é exclusivamente online e é muito intuitivo. Contudo, apresenta algumas limitações, não permitindo a adição de efeitos, por exemplo. É ideal para cortar e manipular arquivos de áudio no formato mp3.
  • Spreaker - disponível para Windows e smartphones, incluindo sistemas operacionais iOS e Android, esta plataforma online permite criar programas ao vivo ou podcasts e inclui uma biblioteca de músicas que podem ser adicionadas ao áudio que queremos gravar.
  • BlogTalkRadio - este software tem uma versão paga, mas também permite a gravação de podcasts na versão gratuita. Apresenta-se como um "estúdio" baseado online que permite aos criadores de conteúdo hospedarem transmissões com vários participantes usando um computador e um telefone.

 

  • 3. Tratar da Edição com sensibilidade e bom senso

Não se tratando de um programa ao vivo, o mais natural é que o seu podcast seja editado, para escolher, apenas, as melhores partes. Imagine que tem um convidado tagarelas! Para tornar o conteúdo mais fácil de ouvir, deve selecionar os extratos mais interessantes.

Também pode ser necessário ajustar o som, para melhorar a qualidade do áudio.

Nesta fase, não se pode esquecer de ter um backup da gravação original - não vai querer perder o seu trabalho!

Conforme o software de gravação que escolher, pode utilizar filtros e técnicas para melhorar a qualidade do podcast, designadamente ampliando o som, reduzindo ruídos e equalizando o áudio.

 

  •  4. Publicar o podcast

Após a edição e ter o produto final desejado em mãos, basta publicá-lo para dar a conhecer ao mundo. Pode fazê-lo no site da sua empresa ou marca, no seu blogue ou em plataformas de áudio como o SoundCloud e o Spotify, ou até no YouTube.

Antes da publicação, não se esqueça de ler as regras de publicação dos sites de terceiros para fazer a escolha mais adequada.

E lembre-se de escolher uma plataforma em função do público-alvo do seu podcast. Afinal, vai querer ter público, certo?

 

  • 5. Promover e divulgar o podcast

Finalmente, está pronto para divulgar o seu podcast, seja nas redes sociais, seja através de email marketing para os seus clientes, conforme o caso. Pode também criar uma Landing Page específica no seu site para o efeito.

O essencial é que dissemine o conteúdo, de modo a que chegue às pessoas certas.

Plataformas de podcast

Há várias plataformas específicas para acolher podcasts, mas, atualmente, o YouTube já é a via mais utilizada para esse efeito em países como o Brasil, apesar de estar vocacionado para os vídeos.

Contudo, há agregadores de podcast que têm como único intuito armazenar e transmitir áudios, permitindo aceder-lhes, ouvi-los e descarregá-los tanto num computador como num smartphone.

Também pode, simplesmente, publicar o podcast no seu site ou no site da sua empresa, mas aí pode precisar de ter alguns conhecimentos de informática, dependendo do tipo de plataforma que utilizar.

Venha de seguida conhecer algumas das plataformas que pode utilizar para dar a conhecer os seus podcasts ao mundo... 

Como fazer um podcast no Buzzsprout

Na plataforma Buzzsprout pode gravar, editar e publicar o seu podcast a partir do computador. Durante 90 dias, o site hospeda o seu podcast de graça. Mas os utilizadores que pagam a subscrição na plataforma têm acesso a mais funcionalidades.

O Buzzsprout também disponibiliza informação sobre a forma como os ouvintes estão a interagir com o seu podcast, o que é ótimo para perceber se está a ter sucesso ou não.

Além das estatísticas de acesso, também facilita a migração de podcasts e a integração de players em sites.

A plataforma disponibiliza dicas sobre como fazer um podcast no Buzzsprout e permite-lhe criar o seu próprio site para que os seus seguidores o possam acompanhar através do iTunes.

Como fazer um podcast no Spotify

O Spotify é considerado a maior plataforma de streaming do mundo e é um local cada vez mais procurado para ouvir podcasts. 

Pode ser utilizado no computador ou num smartphone e permite aceder a podcasts de forma gratuita - se não se importar de levar com anúncios publicitários! Também tem uma versão Premium que é paga.

Nesta plataforma, o foco é na audição do podcast, portanto não disponibiliza ferramentas de edição, nem de hospedagem. 

O podcast é publicado diretamente do site de hospedagem que escolher e cerca de 3 dias depois, em média, será público no Spotify - desde que cumpra as regras da plataforma.

Como fazer um podcast no SoundCloud

Conhecido por ser um espaço ideal para músicos independentes, o SoundCloud acolhe podcasts que podem ser distribuídos por outras plataformas através de um feed RSS.

A plataforma permite o upload de até três de horas de áudio gratuitas. Para mais do que é isso, é preciso pagar um dos planos que disponibilizam aos utilizadores.

Disponível para dispositivos iOS e Android, este serviço de hospedagem de podcasts pode ser complicado no início, mas é só uma questão de entranhar a forma como funciona.

Não é a escolha ideal para quem está interessado em analisar com detalhe e cuidado as estatísticas e dados de acesso ao seu podcast.

Uma das suas virtudes é o facto de permitir a integração com o Twitter.

Como fazer um podcast no Deezer

A plataforma Deezer é muito conhecida e utilizada no Brasil, muito devido ao facto de manter parcerias com várias companhias telefónicas.

Em muitas situações, há clientes que têm acesso ao serviço Premium do Deezer através da assinatura de um plano móvel de celular ou telemóvel. Foi isso que potenciou o seu crescimento no Brasil.

O Deezer é, basicamente, um agregador de podcasts e tem uma ampla oferta de conteúdos diversos.

Para quem não conhece a plataforma, pode experimentar a versão Premium durante três meses de forma gratuita.

Como fazer um podcast no Google podcasts

O Google podcasts é um agregador de podcasts da Google, como se percebe logo. É totalmente gratuito e bastante fácil de utilizar.

Disponível para computador e mobile, pode utilizar o serviço com a sua conta Google e depois só tem de começar a aventura a partir do símbolo da lupa.

Nessa área assinalada pela lupa, encontrará várias sugestões de podcasts, nomeadamente separados por categorias como Notícias, Comédia, Tecnologia e Desporto.

Permite o download automático de podcasts para ouvir onde e quando quiser e possibilita a sincronização com qualquer dispositivo, pelo que nunca perde o ponto onde parou de escutar o áudio.

Como fazer um podcast no CastBox  

A plataforma Castbox é uma das mais reconhecidas, agregando mais de 1 milhão de canais de podcasts. Venceu o prémio Google Play Best App e reúne podcasts em 70 Línguas!

Tem uma utilização intuitiva e permite a subscrição e partilha de podcasts, além da escolha dos seus favoritos e do download individualizado por episódios.

O CastBox também permite a sincronização com a nuvem para que consiga ouvir os áudios em qualquer dispositivo e a qualquer momento.

Tem uma versão gratuita e duas pagas que são mais completas, oferecendo, por exemplo, acesso a personalizações - além disso, as versões Premium são livres de anúncios.

Como fazer um podcast no YouTube

Há muitos YouTubers famosos que acabaram por se deixar convencer pelos podcasts! Isso ilustra bem o sucesso deste tipo de formato e explica porque é que o YouTube se tornou também uma plataforma predileta para a sua divulgação.

Muitos podcasters acabam por virar videocasters, juntando conteúdos áudios e visuais. É o que acontece, nomeadamente, com o "Maluco Beleza" de Rui Unas que se tornou, sobretudo, um "videocast".

Os criadores deste tipo de conteúdos conseguiram descobrir como fazer com que os podcasts tenham sucesso numa plataforma que não foi concebida, inicialmente, para eles, como é o caso do YouTube.

Desta forma, chegaram a novas audiências e conseguiram ganhar mais dinheiro, tirando partido do canal de vídeos que continua a crescer de forma exponencial.

Porque é importante ter um Podcast?

Os podcasts são, atualmente, uma das formas mais bem-sucedidas de conteúdos disponibilizados online. Talvez só sejam ultrapassados pelos vídeos em termos de sucesso!

Cada vez mais empresas e personalidades recorrem a podcasts para divulgação e promoção, bem como para rentabilização, com o intuito de obter mais rendimentos.

Há estatísticas relativas aos EUA que indicam que apenas 20% das pessoas leem um jornal, enquanto 24% escutam, pelo menos, um podcast.

No Brasil, cerca de 40% dos utilizadores da Internet são ouvintes de podcasts.

De acordo com dados relativos a 2019, os podcasts envolveram receitas publicitárias da ordem dos mil milhões de dólares em todo o mundo, esperando-se que esse valor aumente em mais de 20% até 2023.

Se estes argumentos não bastassem para começar a pensar em apostar num podcast, esteja ciente também de que este tipo de formato ajuda a fidelizar clientes e a afirmar uma pessoa ou uma marca como uma referência no mercado.

Em conclusão...

Com estas dicas e sugestões de como fazer um podcast, só tem de pôr as mãos à obra e começar já hoje a preparar o seu! 

Mas lembre-se de ter cuidado com o que diz! Para não ferir de morte o seu projeto logo ao nascer. E fique com algumas dicas de SEO no link que se segue para valorizar a divulgação do seu podcast...

logo growunder white 223x45px

Somos uma empresa formada por colaboradores que trabalham remotamente, focada e especializada na consultoria e administração de websites.

Contactos

Av da República 6-1Esq
1050-191 Lisboa
Portugal