+351 914 132 130 info@growunder.com
  • Entrada
  • Blog
  • Dicas
  • Sabe o que é HTTPS? E o que é HTTP2? Descubra aqui e saiba tudo do HTTP3
Sabe o que é HTTPS? E o que é HTTP2? Descubra aqui e saiba tudo do HTTP3

Sabe o que é HTTPS? E o que é HTTP2? Descubra aqui e saiba tudo do HTTP3

Todos já nos deparamos com as siglas HTTP e HTTPS na barra de endereços do navegador de Internet quando visitamos um site. Mas o que é HTTPS e para que serve? E sabe o que é HTTP2? E quanto ao HTTP3? Aprenda mais sobre as diferenças e as vantagens entre esses protocolos...

A segurança da informação é uma das principais preocupações de quem tem um site. Mas também quem visita páginas web, precisa de sentir a confiança nos dados pessoais salvados. 

Se você sente preocupação com a cibersegurança, mas não sabe o que é o HTTPS ou o HTTP/3, nem para que servem, esse artigo é o ideal para nunca mais esquecer.

O que é HTTPS e qual a diferença para HTTP

HTTP são as iniciais de Hypertext Transfer Protocol, ou seja, Protocolo de Transferência de Hipertexto. E, como o nome em Inglês indica, trata-se de um protocolo de comunicação padrão que é usado para a troca de hipertexto, com recurso a hiperlinks. Portanto, é a base de comunicação de dados da World Wide Web.

Este protocolo começou por ser usado como o padrão da Internet, para permitir aos servidores o processamento e a disponibilização dos sites aos utilizadores por todo o mundo. Assim, o HTTP é o meio que permite exibir a maior parte da web.

Contudo, isso foi no início da Internet, ou seja, quando as páginas eram mais simples e toda a Internet era um universo muito menos complexo do que atualmente.

Foi, assim, que nasceu o HTTPS (Hyper Text Transfer Protocol Secure, ou seja, Protocolo de Transferência de Hipertexto Seguro) que constitui um aplicativo do HTTP sobre uma camada adicional de segurança, usando o protocolo SSL / TLS e permitindo a transmissão de dados em uma conexão criptografada através de certificados digitais.

Assim, quando se acede a um site, o endereço é iniciado com htpps:// e usa a porta de comunicação 443. Pelo contrário, o protocolo HTTP usa o tradicional 80 e inicia com htpp://. 

Mas, portanto, a diferença entre os dois protocolos assenta na segurança. O HTTP é bastante mais vulnerável e sujeito a vários tipos de hackers, como os definidos por "homem do meio" e "escutas".

O que e https vs http

Como funciona o HTTPS

O protocolo HTTPS criptografa uma ligação através de um certificado digital SSL, usando HTTP sobre SSL, permitindo uma ligação segura entre cliente e servidor.

SSL significa Secure Sockets Layer e é um sistema de certificado digital que usa duas chaves para criptografar os dados entre cliente e servidor. Este certificado garante ao visitante que o site que está acessando é seguro - protocolo HTTPS - e que os seus dados estão protegidos.

Se reparar, todos os sites com certificado digital apresentam um ícone de cadeado junto ao endereço, comprovando a segurança e a identidade do site aos visitantes.

O que e https cadeado

Imagine que alguém pesquisa "o que é https" no Google. Esse pedido de um utilizador é enviado para o servidor que, por seu turno, envia um novo pedido com os resultados da pesquisa. Essa troca de dados ocorre graças ao protocolo de transferência de hipertexto. Sem esse protocolo, não poderíamos usar a web como fazemos.

Mas, no caso do HTTP, os dados transferidos não são criptografados. Portanto, ficam mais vulneráveis a ataques de terceiros. Mas é aqui que entra em jogo o HTTPS que surge como a versão criptografada do HTTP. 

Agora que sabe o que é HTTPS, veja como usar num site

O primeiro passo para implementar o HTTPS no seu site será adquirir um Certificado SSL. Esses certificados criam conexões seguras e criptografadas entre um navegador de Internet e um servidor. Portanto, protegem as comunicações entre ambos e, assim, salvaguardam os dados transferidos.

Há várias empresas creditadas que disponibilizam Certificados SSL e ajudam a instalá-los no seu servidor. Mas a configuração pode variar conforme o tipo de site e certificado, sendo que pode haver algumas alterações no nível do código (especialmente nos hiperlinks). 

Depois de tudo terminado, todas as ligações ao site serão feitas de forma segura por HTTPS.

Repare que é especialmente importante usar HTTPS em sites que lidam com dados pessoais como cartões de crédito e moradas reais, como acontece, por exemplo, em lojas online. Pois, nesses casos, é essencial salvaguardar os utilizadores de ataques informáticos, até ao abrigo das novas regras do RGPD - Regulamento Geral de Proteção de Dados.

Aproveite para ler Como preparar o RGPD (Regulamento Geral da Proteção de Dados)

O que é HTTP2

Além do HTTPS, o protocolo HTTP também evoluiu para o que se define como HTTP/2. Estamos a falar do que os especialistas consideram uma evolução na tecnologia em termos de benefícios de segurança.

O HTTP2 chegou em 2015, cerca de 15 anos depois do HTTP1 como um upgrade com vista a reduzir alguns dos problemas da primeira versão do protocolo. 

Assim, a nova versão permite mais simplicidade e logo mais rapidez na transferência de dados, fortalecendo a segurança das aplicações web. Desse modo, contribui para melhorar a experiência do utilizador. 

Essa transição no protocolo é reflexo também dos desenvolvimentos tecnológicos. Mas também vem ao encontro das expetativas dos utilizadores, melhorando as comunicações web de forma decisiva.

Principais vantagens do HTTP2

Essa evolução no Protocolo de Transferência de Hipertexto foi determinante para acompanhar os novos tempos da Internet, onde se espera uma maior velocidade. Mas também o acesso móvel sai mais beneficiado.

Mas as vantagens do HTTP2 são um pouco mais amplas. Assim, apresentamos já de seguida as que são mais significativas:

  • Melhora desempenho web
  • Otimiza a experiência web para utilizadores móveis
  • Reduz despesas operacionais dos fornecedores de telecomunicações
  • Poupança de recursos reduz congestionamento da largura de banda mundial
  • Facilita comunicação multimédia com imagens e vídeos
  • Melhor utilização da tecnologia
  • Reforça proteção dos dados.

O que e http2 vs http1 v2

O que é HTTP3

Mas a próxima geração dessa tecnologia já está aí. Estamos, portanto, a falar do HTTP3 que tem sido desenvolvido por três gigantes tecnológicos: Cloudflare, Google e Mozilla.

Essa é uma nova e significativa mudança do HTTP e baseia-se no QUIC que foi criado pela Google. Assim, até há bem pouco tempo, a nova versão do protocolo era conhecida como HTTP-over-QUIC.

Mas, para perceber o que isso quer dizer, precisa de entender que o TCP (Transmission Control Protocol) era utilizado como uma das camadas para o transporte de dados desde o HTTP original. No caso do HTTP3, o TCP é substituído pelo QUIC que, por seu lado, se baseia no UDP (User Datagram Protocol).

A mudança permite ao HTTP/3 melhorar a velocidade de carregamento dos sites, bem como a segurança das conexões.

Contudo, o HTTP3 ainda não está a ser aplicado em larga escala, pelo menos para já. Apenas cerca de 10% dos sites estarão já a suportá-lo. Mas os navegadores Chrome e Firefox já o suportam em versões estáveis.

Principais vantagens do HTTP3

O HTTP3 implica vários benefícios relativamente ao HTTP2, como seria de esperar. Mas, de forma resumida, podemos dizer que pode tornar a Internet melhor para todos, melhorando a performance dos sites e a experiência do utilizador.

Assim, confirme de seguida algumas das principais vantagens do HTTP3:

  • Maior velocidade no carregamento dos sites
  • Melhor desempenho dos sites
  • Redução das más conexões de Internet ou com perdas
  • Reforça proteção contra vários tipos de ataques informáticos.

Contudo, é importante sublinhar que o protocolo HTTP ainda está a ser aprimorado, pois há vários aspetos que é preciso melhorar e ponderar.

Nessa fase, pode haver alguns problemas de compatibilidades. Até porque o HTTP1 pode ser atualizado para o HTTP2, mas o mesmo não pode acontecer com o HTTP3, pois usa o protocolo UDP em vez do TCP, como foi referido acima.

Portanto, alguns especialistas vaticinam que a maioria dos sites não implementará sequer a nova versão do protocolo. Desse modo, seria usado apenas em redes de distribuição de conteúdos ou provedores de serviços para aceder a outros sites.

O que e http2 vs http3

Em conclusão...

Na verdade, quando os esforços de melhoramento do protocolo HTTP3 ainda decorrem, é importante notar que pode ser demasiado cedo para pensar nessa mudança. Até porque o HTTP2 ainda não foi adotado de forma abrangente.

Assim, vamos caminhando passo a passo, rumo a uma Internet cada vez mais rápida, mais segura e melhor para a experiência do utilizador.

Manter o seu site atualizado é essencial para o sucesso do negócio. A Internet está em constante evolução e o seu site também - não o deixe ficar parado no tempo! Podemos ajudar nesse processo e resolver os seus problemas.

 

logo growunder white 223x45px

Somos uma empresa formada por colaboradores que trabalham remotamente, focada e especializada na consultoria e administração de websites.

Contactos

Av da República 6-1Esq
1050-191 Lisboa
Portugal