Construimos e desenhamos o seu site  - Grow Under - Website Development
  • Home
  • Blog
  • Dicas
  • Como aumentar visitas do seu site com trocas de tráfego

Como escolher um CMS open source para um projecto

como escolher um CMS

5 5

Votação deste artigo: 2 Votos, média: 5 de 5
 

Siga as nossas dicas de como escolher um CMS open source que se ajuste ao seu negócio. Joomla vs WordPress: qual o melhor CMS? E o CMS Drupal? 

Cada vez mais empresas e organismos do Estado aderem a um CMS open source como a melhor ferramenta para desenvolvimento de sites. Esta aposta crescente num Sistema de Gestão de Conteúdo open source, ou seja, num Content Management System ou CMS gratuito explica-se pela evolução que se verificou neste tipo de plataformas, nos últimos anos. Mas afinal, como escolher um CMS? É a esta pergunta que vamos procurar responder com este artigo.

O que é, como escolher um CMS e para que serve?

Um CMS visa facilitar o processo de criação, publicação, edição e organização de conteúdos. Trata-se de uma ferramenta para desenvolvimento de sites que permite gerir conteúdos, através de um painel de administração, onde, entre outras funcionalidades, se podem atualizar páginas, publicar artigos, imagens e vídeos.

Ainda permite mudar o design do site, nomeadamente instalando temas ou templates e alterando-os à medida das necessidades e/ou interesses.

Actualmente, os CMS open source mais usados são o WordPress, o Joomla e o Drupal. O seu sucesso é facilmente compreendido pelo facto de manterem as suas fontes de código abertas para todo o público e de forma gratuita. Isto significa que se podem usar, editar e personalizar os arquivos principais do CMS no site. E todos os utilizadores destas ferramentas gratuitas podem contribuir para as melhorar, o que contribui para o desenvolvimento e contínuo aperfeiçoamento destes CMS open source.

Qual o melhor CMS: Joomla vs WordPress

Como escolher um CMS: Joomla vs WordPress

Quando se perguntar como escolher um CMS open source, não pode deixar de lado estes dois que disputam o título de melhor Sistema de Gestão de Conteúdos gratuito.

O WordPress é o CMS open source mais usado em todo o mundo, com uma quota de mercado de cerca de "29% da web", segundo dados da própria plataforma divulgados no site do Wordpress.

Implantado desde 2003, um dos grandes pontos fortes do CMS WordPress é o facto de ser tão fácil de usar. Com um interface intuitivo, trata-se da melhor solução para iniciantes, para quem não tem grandes conhecimentos de programação.

Entre as suas grandes mais-valias estão os inúmeros plugins, muitos deles gratuitos, que disponibiliza, suplantando outros CMS open source, como o Joomla e o Drupal.

O CMS Joomla chegou ao mercado dois anos mais tarde, em 2005, e vem crescendo exponencialmente, ganhando cada vez mais quota de mercado. É também uma solução fácil de usar, mas que apresenta alguns recursos mais avançados e que pode ser mais complexa nas primeiras abordagens.

Sendo menos intuitivo, os estreantes neste CMS open source precisarão de algum tempo para se habituarem à "filosofia" da plataforma, para poderem posicionar módulos em páginas distintas, atribuir plugins a módulos e configurar layouts. Mas logo que se entenda a lógica do Joomla, este pode facilitar muito a vida na resolução de alguns problemas que se tornam mais difíceis de suplantar no WordPress.

Para elaborar sites em Joomla, também não é necessário ter grandes conhecimentos de programação. Graças aos vários templates disponíveis, alguns dos quais gratuitos, e às extensões Joomla, podem criar-se páginas personalizadas, apelativas e em modo responsive, adaptadas para smartphones e tablets.

Tanto o WordPress como o Joomla permitem criar e gerir vários perfis de autores, atribuindo-lhes diferentes níveis de permissões dentro da plataforma.

Estes dois CMS open source têm também em comum o facto de terem funcionalidades de SEO (optimização para motores de busca) integradas, bem como extensões para SEO que permitem melhorar a qualidade de títulos, sitemaps e URLs. Este dado valoriza os sites criados com estas soluções em termos de posicionamento nas pesquisas do Google.

CMS Drupal

como escolher um CMS DrupalO Drupal é outro dos CMS open source mais usados. Lançada em 2001, esta ferramenta para desenvolvimento de sites exige mais conhecimentos em termos técnicos para proceder à edição de conteúdos e a actualizações. É necessário ter algum conhecimento de HTML e de PHP e de outras linguagens de programação.

Uma das grandes virtudes do CMS Drupal é que integra vários recursos num único pacote, o que explica o seu lema oficial - One size fits all, ou seja, Um tamanho serve para todos. Para os profissionais da programação, o Drupal oferece inúmeras possibilidades de adaptação e versatilidade.

É uma solução mais complexa, tanto no âmbito da programação e personalização, como no da administração e da utilização, que exige uma elevada dose de paciência para ser dominada.

Como escolher um CMS 

Não há uma resposta mágica que apresente claramente qual é "o melhor programa para fazer sites". Responder à pergunta como escolher um CMS depende muito do tipo de site que pretende fazer e de quanto tempo dispõe ou pode gastar no desenvolvimento e na manutenção do mesmo. Deve ainda analisar o grau de dificuldade para customizar o site, bem como os recursos oferecidos pelo sistema de gestão de conteúdo que está a analisar.

Se tem experiência em código e programação e tem em mãos um projecto de grandes dimensões e complexidade, o CMS Drupal é uma boa escolha.

Já o CMS WordPress é ideal para principiantes, estando especialmente recomendado como sistema de gestão de conteúdo para blogues, mas também acolhe sites corporativos e projectos que exijam facilidade de edição, como sites de informação online.

O CMS Joomla surge um pouco no meio, entre a complexidade do Drupal e a facilidade do WordPress, como uma escolha que alia grande capacidade de customização com uma interface amigável. Tem funcionalidades que o tornam uma boa solução para sites de e-commerce, mas também é uma boa plataforma para sites institucionais, portais e intranets.

A Grow Under faculta formação em Joomla se pretender ficar a conhecer melhor este CMS open source.

Somos especialistas em Joomla e temos ampla experiência com WordPress e podemos ajudar na questão, como escolher um CMS open source para o seu caso. Não hesite em contactar-nos.

Saiba mais dicas úteis

Git: manual de utilização e vantagens e desvantagens

O Git é uma ferramenta de controle de versão de arquivos que facilita em muito o trabalho de equipas que desenvolvem em simultâneo um projecto. Descubra as vantagens e desvantagens deste sistema de controle de versão distribuído.

Alojamento de sites

Os alojamentos de sites ainda são um pouco tabu para a maioria das pessoas e por isso, resolvi explicar melhor esta questão...

Garantia de Satisfação

Satisfação de Clientes

Os nossos clientes mantêm uma relação próxima com a Grow Under, tendo sempre resposta imediata para todos os problemas.

Contactos

+351 914 132 130

info@growunder.com

Avenida Barbosa du Bocage 87 - 4 1050-030 Lisboa - Portugal

Direitos de autor © 2018 Grow Under - Gestão de sites - Formaçao em Joomla. Todos os direitos reservados.